music

domingo, 26 de junho de 2016

Duas luas




Se eu pudesse duplicar teu sorriso
existiria no céu dois sóis!
A terra e o mar (dois indecisos)
fantasias ao léu, em nossos lençóis

Se eu pudesse duplicar o teu rosto,
lá em cima, à noite, existiria duas luas.
Que nunca se perdem (somos um do outro)
Há rima e magia "as minhas e as tuas!"

Há brilho o bastante em teu olhar,
para aquecer, todos os meus dias.
Sorriso incessante, farto como o luar     
sabes acalentar-me com tua alegria.

Ah se eu pudesse...

Conter-te nesse momento, 
-eterno ele seria...
Viver-te não me exige tempo
nem separação entre -noites e dias.




(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados