music

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Já é manhã...


E a noite, de ti não se ausenta
Talvez a manhã não exista
quando penumbra ociosa se cala.
Para ver nascer o dia se prepara
nas primícias, as cores são mais bonitas...
O sol desnuda a mais densas tormentas
 
Meu amor olhou e viu o ar sereno
atravessar dispersas brumas suaves...
  E o dia sozinho segue tranquilo
(se me permite..."O que teus olhos estão vendo?")
Teu contraste distante me invade
pede-me amor! Que peço-te apenas teu sorriso...
 Ao meu lado em cada dia amanhecendo.



(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados