music

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Desperta voraz


Ruges as dores fartas
é longe, e estás sozinha...
Da janela de tua casa
ilumina teu corpo o olhar.
 As sombras dançam castas
por onde passas? "Desejo-te minha"
 Bela que flutua sem ter asas
fascina o lobo que observa o mar

Teu corpo reflete relva
teus lábios a cor alfombra
Está sedenta a voraz 
 (Q'foge na noite sem ter medo)
Em segredo devora as trevas
e a tragos curtos, bebes a penumbra. 
Quando morre o teu silencio 
nasce-em-ti sagaz
 
Que cresce em d'sejos!
( Vivacidade -desperta!) 
Em ardor...

"Não há mais bela,
que a ressurgente"

 Depois do medo
...(que a coragem desperta)

A liberdade d'escolher
é maior em valor.







(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados