music

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

.."Horizonte memorável"



Tantos momentos se passaram
que a saudade se viu dividida.
Não existe tanto tempo assim
que as lembranças se calaram.
E o tempo gera-me mais vida,
"como se perderam dentro de mim?"

Sabe-se que tudo se repete,
de iguais formas, novas e diferentes.
Mas o que é recordar?
A independente livre, q'não se esquece
um rio sem mar que circula a gente...
Ela se foi, mas a qualquer hora
(ela pode voltar)
Pode ser até mesmo agora...

Lembrar d'um sorriso forte
(e sorrir de novo)

Recordar uma lágrima
(e chorar sem querer)

Tentar adivinhar e se perder
em meio as duvidas!

Tomara que tenhas tido sorte
(e que o mesmo sorriso ainda exista em teu rosto)

Te recordo com uma nova página
(e d'meus olhos brotam lágrimas)

Quase te perdi na distancia ocupada,
aqui mesmo, dentro de mim.
Sobejava-me o tempo abundante
(em uma vida tumultuada)
...Todo o passado recebe um fim.
Ao longe oiço-te distante...

Não posso te perder 
...neste mundo vasto
Sinto falta de você
E do seu abraço

Devo- me perdoar 
Por uma multidão de palavras
Pensava-eu que isso era amar
Mas amor (Meu amor) "Seu amor o nosso Amor"
Só é verdadeiro quando volta pra casa...
 
Hoje eu voltei para ti,
nas lembranças...
 Tuas pegadas vejo ainda fresca
não foi vã tua passagem por mim
Moras em meu coração
em um lugar seguro
para q'não se perca!



(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados