music

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

“A mulher cor de Rosa!”





Das diversidades das cores e seus, enfins...
Eleva-se, a beleza das flores,  bondade peculiar cada qual seu
típico aroma de jasmim...
As mulheres se oferecem, 
do mais belo jardim, ao nosso olhar!
Negras, brancas, morenas, loiras,ruivas, pardas...
 "São tantas!"
E qual delas?  Seria impossível? 
Não amar?


Exibe magia o cultivar destas rosas...
(até mesmo o recém-chegado) colhe carinhos,
 Proteção e o amor, aonde a mulher invicta, se Aprova!
Há um constante prosperar de belezas nesse encanto,
 (Mulher) ...
E dessa riqueza oferece, as voltas de seu favor, incondicional
amor tão inexplicável  quanto a fé!


E a vida corteja-as, 
sabes bem a (origem) que depende delas, para a continuação!
Nelas se inicia o elo materno que recepciona, e  fortalece a vida, 
e para a paixão conhecida por (solidão) no coração do homem,
oferecem guarida!
Ama-las e lutar,  pôr  respeito mínimo a nossa preservação!


Fascina, cresce, sonha, sofre, sorri, chora ( independente) ela ama, 
vive e se renova!
Se exibe entre as plantas da terra a flor mais preferida!
Se transformou em mulher, pra viver entre a gente, coroar nossa vida!
E as cores aquarelas se resumiram nela, 
“ A beleza do Rosa! ”

Contra tal beleza,  insurge-se temores, 
são as sujeições que perseguem as flores!
Incertezas que margeiam a fragilidade e submissões deste nosso corpo!

E preciso mulher, 
(observar com carinho o que se esconde dentro do peito)...
 A vida pede toque,
 e o mundo ainda te espera por ser imperfeito!

Mulher que a vida aprova!
Tem um mundo a sua espera!
“A mulher cor de Rosa! ”
E sagaz e sedenta por sobreviver,
e a rainha da vida, vivendo entre feras!

Autor:



lorisvaldolopes.blogspot.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados