music

domingo, 18 de outubro de 2015

Descobrindo a poesia...




Espargindo-se na copa das árvores, oferecida pelos ventos...
Bordejando sobre prédios e casas...
(Sobrevivendo em meio aos sentimentos)
"Anjo alado ardendo em brasa!"



Descobrindo a nudez dos desejos...
Pulando nuvens de pensamentos, (em pensamentos)
Está explícita, sedenta e abrasada em desejos...
A espreita de uma fenda para existir em nosso tempo!



"Quem e este (a), quê será capaz de se esvaziar?"
Para se tornar leve e flutuar?
Um bom mortal, para viver alado!
Têm que ser capaz de sair do chão!
 


E fazer existir com as mãos:
Para cada manhã de sol...
Uma mão para abrir a janela!
E todos os dias, uma nova poesia, dividindo o mesmo lençol! 

Deve ser um fiel aliado, e com muito prazer desnuda-la!
Dia após dia,  noites após noites sempre mais bela!
Preciso conta-la!! E aos meus amigos apresenta-la!!



Descobrindo a poesia...

Autor:

lorisvaldolopes.blogspot.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados