music

sábado, 31 de outubro de 2015

Para a mulher invisível...




Eu conheci uma  (estava escondida)
Mesmo desnecessário o se esconder!
(inevitável sou eu não me apaixonar nesta minha vida)
O amor não pode ser evitado, encontrei ele em você!


Conheço-te por olhar invisível!
Muito além do que queres que eu veja!
Para desacreditar todos os impossíveis...
Aguça-me os sentidos, e não queres que eu perceba?



A tua nudez desfilando diante do meu admirar!
Tão meiga doce e frágil de rainha a donzela!
Somente quem ama podes te enxergar...
(eu sei bem quem e ela)



A mulher que caminha entre as poesias...
Dama de honra despida, ao luar!
Longe dos olhares do dia...
E dentro dos sentimentos posso te admirar!



Segues despercebida aos que se limitam apenas ao corpo!
Mulher invisível, beleza que ultrapassa o rosto...
Nas suas fantasias de menina nunca cresceu...
Diante de tua força de mulher o mundo tremeu!




Foi ali longe das vistas que os versos me encontraram!
(para compor os desejos dela)
Para lhe devolver, o que no mundo lhe faltaram!
Minha poesia, sem corpo e sem rosto eu faço por ela...


Para a mulher invisível...


Autor:

lorisvaldolopes.blogspot.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados