music

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

A jornada da (nossa) poesia...



Feito homem em primeiro plano...
A grande obra prima do Criador!!!
Povoada terra, povos nações raças e línguas, o quê estava faltando?
Para conhecerdes a sensação da cura, de sua doença antecedida pela dor!!!


Para o homem primata:
Um filho quê mama,e um amor quê o instinto chama...
E a evolução das máquinas...


De quantas milênios,preciso para um amor indeciso?
E quantas mulheres, seriam descobertas, pôr amores imprecisos?


Um apelo desterrado na alma,
instinto da fé , lembrando  que existe Deus!
No meio de uma natureza quê não se acalma...
Pôr um grande amor um grande justo morreu!!!


(E no mundo invisível, se ouviam falar muito em"Amor")...
De uma vida impossível o quê nos faltou?
Faltou nomear, as antecedências das causas mais puras...
Antes que o invisível decretasse falência...
Os loucos descreviam desnuadas  procuras...


Sobre belezas quê (devem o anteceder) do sexo...
A esperança e a quê vem antes, explicando a motivada  busca!
Afazeres, de tão belos insistem complexos...
E o disfarce dos irracionais, quê sem querer o amor, o amor ofuscam!


Para um futuro, um louco da sabedoria dizia:
Quê antecedendo o verdadeiro amor, sussurrava a poesia!!!
Que para mau de triste, subsiste a alegria!!!


E que, a natureza (sentida) tem mais vida tem mais beleza!
É para toda pretendida,  uma sensualidade despercebida,
que deve ser colhida antes de qualquer certeza!
E que a morte, não e apenas forte,
ela tem sorte, de ser a ultima respeitada pela vida!


 A poesia se vestiu de aliada!!
Fala de todos do tudo e do nada!
(E fala bem),
Fala uma linguagem universal...
E o mais belo falar e (quando ela se cala),
sai da mente e do coração do poeta, e tem seu inicio
a desconhecer final!


Quem pode usufruir destas palavras, e coexistir em suas entrelinhas?
O criador do universo a milênios, lançou teu supremo verso!
"Deus e Amor", (usou loucos, para confundir os sábios)..
"De onde  vem tanta beleza??"   uma pergunta sem proposta segue sozinha! 
Impossível se certificar ,e só posso admirar e tal qual,
 incrédulo confesso,(com um cerrar de lábios) 



A poesia e minha e sua!
E nossa e deles...
Ela se veste, anda nua,
desperta prazeres!
Já andou pela lua, e pelas ruas,
pela fé recordou nossos deveres!

  
A poesia e Nossa!!!
Poetas, escritores e leitores!!
Ame a poesia, para que possas,
desfrutar todos os seus favores!


"Deus abençoe a Poesia!"  Amém. 


 Autor:


lorisvaldolopes.blogspot.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados