music

domingo, 3 de julho de 2016

Já é noite...



Cochicha em silencio as horas,
já adiantadas.
Um pedaço de vida, está indo embora
(mas essa noite vai ser encantada)

Em suspense ficamos a olhar,
os pensamentos vivem mais.
Nosso silencio! Nosso grande mar!
Uma vida em nós, se recusa a, ficar para trás.

"Ah saudade!" Circulo vicioso em quem ama 
 que arrasta todos os dias tudo o que viveu.
As noites são serenas que acalmam as chamas
mas não me diminuem o querer ser deus.

Ah quem-me dera!
Se eu pudesse ainda seria dia,
é o brilho da lua, seria ampliado.

"Luz branca no céu que me ilumina
meus amores já foram todos convidados!"
Para se esconderem comigo nessa utopia.
"Enquanto for noite lá fora, ficar'emos acordados!"

Já é noite, o azul e o branco foi dissipado
mas a escuridão também é luz!
Azul muito escuro, é branco intimidado
com essa canção que eu compus

Não haverá silencio, com os olhos fechados,
os dias serão reconstruidos com muita magia.
O corpo que se recomponha , inerte e desamparado 
nossas almas, vão festejar a extensão de nossos dias.




 (Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados