music

sábado, 16 de julho de 2016

A magia da Amizade (Prt:4)

O Amigo

O espelho da alma se abriu
Para refletir sobre este mundo
Aonde a cor única, é, a luz do sol
E quando viu a si mesma sorriu
O ar da liberdade é mais puro
E a esperança reluz como um farol

Todo o pó elevado, um dia se assenta
Nos dias mais límpidos, suavizam brisas   
Não existem ecos nas alvoradas
Gorjeados de aves mágicas,argumentam
A cada aurora embarcas tua estiva
Na superfície do mar não há pegadas 

No reflexo existe diferença
Parecidas almas gêmeas
A marca d'um olhar ama
Quando evoca a presença
As noites calam serenas
Saudade é voz que reclama

Um amor abstrato comprovado
A alma livre se encontrou!
Quando um ombro foi oferecido
O ar tracejava um estrado
Um baluarte reciproco se apoderou
A  dual magia atrai os amigos

O amigo veio de longe
Encontramo-nos lá fora
"Buscando o que me falta
Deleitei-me entre horizontes"
D'onde segundos valem horas
E o silencio não se farta 

"Eu ouvi uma voz,
Tinha o som, que eu entendia!"
Graça, Exortação, Carinho e Sorrisos
Amigo meu "Falo de nós!"
Em rimas, versos e poesias
A amizade é um bem, Retribuido.




 (Lourisvaldo Lopes da Silva)

Links para as outras partes do poema
 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados