music

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Uma porta no meio do nada...


Uma porta no meio do nada...

Já se deu conta caro escritor, colaborador(e poetas) das riquezas ai dentro?
Acumulando, e se multiplicando em," uma velocidade luz"...
Sabes quê és especial, e sentes este prazer!" Que contento!"
Nitidamente sofríveis, expressividades quê não ganham vida, geram dores"Dores de cruz!"

 
"(Sofrer pôr amor ao quê se faz)"


A palavra vive livre em algum lugar do seu universo...
Bate nas estrelas, e nem tente" não há como detê-las"...
Fecunda poesias tão belas , gostaria muito de conhece-las! 
O feto na madre, esta pronto,"E quão lindo será a posteridade de "teus versos."..

 
Então não meça esforços, sofra tuas dores de parto...
Uma porta se abrirá no meio do nada...
Então amados concebes tua obra em teu afável regaço!
A inspiração dará a luz as mais belas "poesias desejadas"...

Autor:

lorisvaldolopes.blogspot.com.br


Se tens apreço a poesias, ficarei muito grato de fazer parte dos seus círculos...
E deveras muito honrado, de compartilhar com você minhas mensagens.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados