music

terça-feira, 11 de agosto de 2015

As terras do reino" seu"...







Um reino chamado "Meu"...
Na distância de um só!
Anunciava: "Posso ser teu!"..
(Um arauto sem decreto)
"Meu temor maior !


Terras frutíferas, 
as margens de um belo rio...
Onde os sonhos bebem água...
Habitado pôr um amor gentil...
A solidão é cachoeira, 
"que ali também deságua"...


No castelo inspirado,
e envolvente...
Seu rei está calado... 
Nesta suíte real 
"Ainda não existe a gente!"

Suspira desconsolado,
  a falta de um amor 
"tem se agravado!"


"Selai-me um cavalo,me acompanhe 100 cavaleiros"...
A procurar um grande amor "flechas e arqueiros"...

"Atingido fui no peito!"
Ao avisar uma camponesa
"De beleza singular"...
Seu defeito,
" Um olhar perfeito!"
Revelando 
"pronta para  amar"...


O seu rei está voltando, já ouço o cavalgar!
 Nós seus braços, traz amor "Completa seu reinar!"



A tímida camponesa vira rainha!
E se despe para amar!
O rei apaixonado vira servo,
"Decreta Está e a minha!"
O arauto sai a proclamar! 


Nunca houve reino igual...
Sobre as terras do reino "Meu'...
As distancias de um só,
encontrou o seu final!
Hoje não existe rei melhor,
 nessas terras do reino"SEU!"



autor:


(Lourisvaldo Lopes da Silva)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados