music

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Amor sem cópula...



 No ocaso do sol, meu prazer retornava,
 em direção ao meu lar, coração se abrasava"
"Anseios" carinhos a caminho de  casa!
Solidão já não me encontra"nem sequer um só suspiro "!
ao voltar aos braços dela "Amor e Tudo que preciso!"

Cargas de desejos ate aqueles beijos me "levem"...
 Velar pôr minha amada, 
"os bons grados da  paixão que me preservem !"
Canções e versos? Não os colho dispersos...
''Eles me encontram!  Confesso!!!!!!!''...


Sentimentos roubados ao ouvir um convulsivo soluçar   ,
lágrimas surgindo, deste meigo rosto fluindo em direção ao mar! 
Desencantos sobrevoam-me "ecoam desalinhos!"
Me exijo culpa!
"Deixei-lhe faltar carinho?"

Lágrimas inundavam minha plantação de jasmim...
O aroma deste amor, me ameaças pavor!
Cabisbaixa, se ocultou de mim, minha poesia chorada,
estava escrita assim!
Dilacerado em cobranças"Me encontrei,há merecer dor"...

Me indaguei desesperado  me culpei!
"Não conseguir ser o amor quê sonhei"...


Se amar me for ausente...
Minha poesia não alcançará colheitas 
nem germinaram suas sementes!

Ultimo gesto de nobreza, antes da futura solidão!
Quê te faltas amada minha? 
 Já tens meu amor!Me afliges o coração?


 Conheci o sol "que surge depois da tempestade!"
Entre lábios banhados pelas lágrimas, o mais belo sorriso!
Me tranquilizava," não anunciava saudade!"
 A palavra " Te amo" saltou " deste momento indeciso!

"Reciprocidade amor de verdade," 
"devolvido a quem plantou!" ...  
" Saudade?"..."Não me acertou!"
"Nem sei o que e!"
    """!!!O poeta colhe rosas, nos desejos de  uma mulher!!!""""
Os meus sonhos se completam!
Nas sementes  que plantei...
Seus abraços me  libertam!
"Amor sem cópula"...
O auge da libido efervescente alcancei!

 Fim.




(Amor)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados