music

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

"Isso e vida! E esse ai não e um burro! "






De fato, gostar de andar de pés descalços...
Faz surgir  alguns  pseudônimos e boatos...
"Ainda mais" quando se mostra apreço ao serviço pesado!

"Osvaldo sem letras "  era assim...
Fervia cabeças!
Dono de reduzido português "E de perfeitas receitas"...
De tão rude simplicidade era conhecido por (osvaldim)...

Sabia fazer conservas de tudo!  ( Que se pode imaginar neste mundo)
Vou me lembrar de alguns desses  apetecíveis   absurdo...
"Um burro e o quê sou!"
 Sorria de si mesmo, impressionante orgulho daquilo que na vida lhe faltou!
Esse analfabetismo de letras e superioridade singela me encantou...

Exímio conservador de pimentas...
E de outros segredos que na  vida inventa!
Nos doces suas audácias eram mais atrevidas!
E as comparações que ele aplicava na vida,
" era de todas minha conserva preferida!"

(Ler e escrever e preciso! E ver e aprender deve vir de sobreaviso! )


A esposa deste nobre homem...
Devido a  tantos mimos , alcunhas de seu Osvaldo,
( muito poucos sabiam seu verdadeiro nome)
"Bem, Querida, "Minha flor", junte todos os apelidos carinhosos que se lembrar!
 Lembrou?
" Pois se não notou, ainda vai faltar os que ele inventou"  ...
Eram  os pseudônimos de entrelinhas "Literaturas do amor"  ...


 O que se cochichavam entre cobiçosos ( "Que bela vida essa a de seu Osvaldo")
Suas crianças gêmeas ,ele as chamava de "Presentes que ganhei com juros,"
e para os sonhos das mesmas preparava o  futuro" ...


vai Osvaldo sem letras, a caminho da roça...
E a sua vida apaixonada fica! (A conserva que ele mais gosta!)
Quando aperta a saudade, ele empaca ,teimoso" pirraça e da meia volta sem hesitar !"
Se lembrou do beijo preferido e foi buscar!

E eu que pensava ser inteligente, por falar bem e dedicar notas!
Agora refaço passo a passo o mundo há minha volta!


Há mais provérbios de sabedoria neste burro" do que no vencer a custa de murros!"
A mais vida descalça e apegada ao chão,do que na frustrante busca da ambição!



E que tranquila vida" essa do seu  Osvaldo( Que pessoa mais doce sua senhora!)
Seus filhos tenros, polidos e educados como o nascer da aurora!
São joias merecidas, recompensas com juros para o futuro!  
Isso e vida! E esse ai não e  um burro!


Autor:

lorisvaldolopes.blogspot.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados