music

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Saudades na mesa amigo...



Existem prazeres irrefutáveis que criam em nós  " Ciclos permanentes!"
Impossível, não sentir se só na abstinência" Quando vem a avidez,e imprescindível a saciedade "...
A toda uma arte  no prazer de viver ,"Como na alimentação", " digeridos minuciosamente"...
A voracidade que se emprega  as vezes nos sobeja, redundando nossas prioridades...


Mais a saudade e a fome, são tão parecidas...
"Uma fome de amar de novo", uma saudade ,que me atende"Não me vira o rosto"...
Meu amor tem de ser forte,  "Melancólico veemente e repasto pela vida!" 
Eles se repetem,"Pra minha sorte" será breve, e eu sei bem"Atender o meu corpo"!


Fecho os olhos, e lentamente sinto o sabor da vida...
Estou sendo correspondido, há reciprocidade sobre a mesa...
Preciso lutar por este amor, que me alimenta e me traz guarida...
Não pedirei-te muito, prescreverei de antemão "Minha gratidão a sua sutileza!"


Me retiro por breves momentos, e me vejo em desamparo...
Extasiado, entendo por motivos "Alguns amores se tornaram tão completos!"
" A mesa foi a segunda flecha do cupido",
 "a primeira fez enxergar o grande amor da sua  vida meu caro" ...
Gostoso amor! Saborosa vida!
                                                      "Saudades na mesa amigo!"



Autor:


lorisvaldolopes.blogspot.com.br




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados