music

sábado, 12 de dezembro de 2015

“Príncipe Sapo”




Rodolph não despertava, (interesses) visíveis,
para quem faz escolhas, (não era ele uma das preferidas)
A maior parte(são os olhos) quê separam para si, seus admissíveis!
E são (escolhas) estas, que definem pessoas e suas vidas!

Por mais forte que seja (suposta) a Maldição,
quem as rogam são os únicos atingidos...
"Se existe beleza? "
Há procure primeiro no coração,
E os que encontram a tal, sempre se sentem bem vindos!

 

Hanna era a sorte diante dos olhares a sua volta,
mas, dentre todos, ela tinha um olhar diferente!
A mais forte (razão) deve ser a lógica!
É a prova, está longe, de quem escolhe gente!


"Quem realmente deseja ser amado?"
Jamais se venda, ao olhar primeiro!
De tudo que se tem deixado,
o melhor para ser alcançado,
amor que te acaricias em seu travesseiro!


“Rodolph”  Príncipe sapo não existe!!
Hanna quebrará (suspeita) a maldição...
Existe(sim) sapos dentro de príncipes,
E estes são belos corpos (mas não tem coração)

"O quê Rodolph é?" 
 “Uma fera!”
É “Hanna”  (a bela) bem sabia,
O amor mais voraz do mundo estava com ela,
é vida, não e vida (se não existir alegria)


Assim seguem os resmungos, entre(algumas) mulheres,
Quem se exibe demais oculta solitária (vergonha)
"Abra bem os teus olhos, é escolhas há quem quiserdes",
Queres um amor que lhe sirva de adorno?
Ou um sentimento apaixonado que te acompanha?

Hanna e Rodolph...

"Príncipe sapo"

Autor:

lorisvaldolopes.blogspot.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados