music

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Fadas e bruxas!





Sabem os sonhos???  (os meus) ???
Logo após serem escritos, quebram meus segredos!

...Havia um mundo estranho,
Uma parte reluzia,é a outra dava (medo)...


(uma parte seduz, é a outra escraviza desejos)


...Para os desejos havia uma estrada...
Ao lado da ousadia absoluta,
a realizar, encontrei-me com as fadas!
A provocar medos, tentei fugir das bruxas!


...As fadas são doces igual ao mel,
é apareciam quando me viam sozinho...
Envolvendo-me em suas asas cruzávamos o céu...
E a luz do teu corpo, tinha o brilho do carinho...



(Mas havia momentos quê tudo muito rápido se transformava)...
E me estarrecia, em um silêncio mudo...
Agora as bruxas me cercavam...


...Encantavam-me com uma sensualidade sombria...
E dançavam aos sons de gemidos...
E a minha carne era dominada pôr está magia...
E o meu corpo, tremia pressentindo o perigo...


...Ah doce fada, me respondes?
Estou oculto nos laços destas bruxas...
Uma chega, a outra se esconde...


"Sou eu o mortal, quê ambas usam?"


...As fadas me dão o toque, e o melhor dos gostos,
As bruxas vorazes, apenas enfeitiçam...
E para desejar alcançar o teu rosto,
na fantasia me, atiçam...


(Estou rolando na cama),
para fugir destes fantasmas...
...As bruxas invadem, e as fadas tem asas
é as ouço caminhar no teto de minha casa...


Como um elfo medroso,
Para fora saio(se eu posso voar) porquê estou correndo?
Descubro quê na realidade (meus sonhos me fazem de bobo)...
E quê não estou dormindo, estou vivendo...



"Um grande amor, se ofereceu para ser minha  namorada!"
Mas a ousadia absoluta também apareceu...
Seduz e provoca-me, como se também fosse seu,
ela está bem ali (do outro lado da estrada)



Me perseguindo com seus encantamentos,
é são flechas envenenadas, que me  lançam o teu olhar...
Divididos, (sonham demais), é escravos são os seus sentimentos!



...Minha fada, me abraça!!
Me elevando  para o teu céu...
Realizado teu (me faça),
mas,(vejo bruxas),
me espreitando sonhos,
deste meu carrossel...



...Elas gemem na penumbra,
e o ar carrega o teu feitiço...
E os meus segredos as percorrem uma a uma!
E quantas fadas perderei pôr tudo isso?



"Mas as bruxas, só querem extrair os meus desejos"...
Ficam mais forte a cada conquista,
amargo e doce, lembro? Ou esqueço? De seus beijos...
...Volte fada, para o solicito, quê em ti acredita!



...Me deixe cumprir tua vontade,
o amor sempre basta...
Mas a sensual quê o amor não quer,  apenas atende sua necessidade
E sofre o vivente, quê de sonhos e carinhos,jamais se farta!



"Venha e me faça o teu prisioneiro",
grita a coragem de quem, na vida age como no sonhar!
E as fadas são sensíveis e desaparecem ligeiro,
e as bruxas, (insensatas) só ficam até se alimentar...



Pra onde vou-me? Debaixo dos rogos desta maldição?
"Uma estrada marcada!!" (o caminho das bênçãos)
"Mas sonho?"     Ou fico acordado?
Fadas e bruxas, estão pôr todos os lados!!!



...Vou ficar aqui junto da poesia,
para aprender os segredos delas...
Portas bem trancadas durante o dia!!
Mas se me der medo vou fugir pela janela...



Para sofrer nesta amarguidez absoluta...
Reages e se esquives, na realidade...
É nos seus sonhos, vivem ou morrem? Condições absurdas...
Fadas e bruxas!
De qual sentirei mais saudade?


E bem verdade que, (logo acordei)
É para que os sonhos, se livrem dos medos,
na realidade aqui fora encontrei!
A historia foi escrita, e as provas pedem segredo,
????Ou apenas Sonhei????  



Fadas e bruxas!


Autor:


lorisvaldolopes.blogspot.com.br
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados