music

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Invicta...





Os céus, exibem as suas estrelas na noite,
e as nuvens brancas, desfilam pelo azul celeste do dia!
E a natureza confiante, segue sem concorrer,
espalhando sobre a superfície da terra, a sua magia!


E os meus olhos estão desafiados,
a todo momento...
Lançando-os sobre ti,  me encontro fascinado...
Surpreendem-se, e não querem descansar
é apenas ouço o suspirar, dos meus sentimentos!



Perdoem-me, estrelas em seu universo,
é as nuvens no exibir de sua arte!
Natureza, enriqueça os meus versos,
a poesia quê existe em nós parte...



Em direção das filhas mulheres, do Criador,
para teus filhos, que se sentiam tão sozinhos!
As belezas da terra, do céu e do universo,estavam sem valor
ao homem, a maior beleza Amor e Carinho!



És a dona, desta paisagem que existe em mim,
é preenches todo o meu horizonte!
Jamais encontrei pra tal beleza, o auge ou  o fim!
Meus desejos a procuram, como o por do sol no escalar dos montes!



Está explicita, a frente de tudo,
e as demais paisagens, lutam para lhe trespassar!
E diante de ti, se curvam  os sonhos do mundo,
E as mais belas canções ultrapassam o mar!



A lua transformei em meu palco...
Para todos os prazeres, de tua beleza,
lancei versos para o alto!
E a respondi em rimas, que extrai da natureza!



Te chamei, de primavera,
e dei teu nome, as mais belas flores...
Me embriaguei com os vinhos de quimera,
e me exagerei, por teus favores!


 
 
Vinde agora, diante de mim se exibir,
para juntos apreciarmos...
As demais, belezas que existem aqui,
sempre serão interrompidas me pego a te imaginar,
o que seria, se tu não existisses pra mim?


Existe paz nos campos floridos!
É altas em tempos de guerra,
meu coração tem preferido...
A mais bela da terra...


E do lugar mais alto, lhe trouxe sonhos escritos
E nas profundidades do meu coração...
Lhe trouxe a mais bela canção!
E no teu olhar, encontrei o infinito...


Canção de amor, para beijar os teus ouvidos!
É para percorrer pelo teu corpo,
o querer, mais atrevido...

Podes me ouvir?


Sob a superfície do teu rosto,
os meus olhos sonham...
E a natureza, lhe oferece o florir,
e todo o universo me acompanha!


Ela está aqui!


Invicta...



Autor:


lorisvaldolopes.blogspot.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados