music

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017


O segredo do labirinto

De repente os caminhos se entrelaçaram
Brotou a duvida, no gume frio de uma espada.
Por medo de tal dor, ambos se afastaram
E descobriram o vazio no fim de cada estrada.

Há certa altura, ele já se encontrava confuso...
―Que caminho pra longe de ti hei de tomar?
Mas sabia que ela ainda estava sozinha...
Ele então se conforta 
(de certa forma, ainda estamos juntos)

E teve a sensação de estar passando pelo mesmo lugar.
Só que agora abandonado e coberto por ervas daninhas.

Mas, foi ali mesmo! Pensou...
―Mas outrora não estavas tão deserto?
O primeiro lugar que ele a encontrou,
não era o mesmo sem tê-la por perto.

"O mesmo lugar que me dera tamanha sorte,
é o ponto exato! Para que eu possa recomeçar."

Mas todas elas eram diferentes de ti!
Em nenhuma outra, havia amor tão forte
e nem em mim, desejo intenso de me entregar.

Estava preso, em um labirinto
Sabendo que ela ainda estava sozinha,
e se sentindo perdida...
―(Então ela se sente como eu me sinto!)
Sozinhos! Será assim? Que a gente termina?

Seria mesmo assim! 
Se ela tivesse se esquecido dele
Teria este fim! E não aquele
"Só é preciso voltar, ao primeiro lugar
é aonde um a outro hão de procurar..."

 Se ameniza a saudade, concedendo-a
o direito de recordar.

Quando pensamos estar sozinhos,
é quando refazemos os nossos caminhos...

Não há saída, 
para quem não desistiu, 
do único amor de sua vida!
Ao vê-lo ali, ela sorriu
e igualmente foi correspondida

 Novamente uma ao outro se entregou

O segredo do labirinto 
é voltar pelas pistas deixadas pela esperança
do verdadeiro amor, que nunca se apagam
da infinda lembrança.





 L.L.S
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados