music

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Borboleta Aurora, Minha Flor de Olhar...



Existe um fio de verdade, por dentro de cada sonho.
O encanto é um mundo cheio de fantasias, 
e o imaginário destes, é a realidade muito bem enfeitada.

Eu vi uma flor de olhar, tomando banho de sol, 
n'uma face nua. Ela estava tímida e docemente enternecida.

Existem flores que sonham com Flores! (Disse comigo mesmo) 
A terra escura pulsava aos meus ouvidos; "Quem planta colhe!"  

Se eu for totalmente alheio, nada de mim existirá.
Mãos vazias, me acusavam de ser esconso. Isso não!

Quando jovem e ainda muito novo, sofri de queda por admirações.
E nunca mais me levantei... Gosto de bater pedras uma contra a outra
até que encontrem um ritmo bom, para ser ouvido.

Certa vez convidei uma borboleta aurora, 
para que me deixasse a admirar, e ela se recusou,
Acusando-me de ocaso! E que tentasse novamente
na nova manhã, antes que o sol a afugentasse.

Mais uma vez sofri de queda, dessa vez por plantações.
Principalmente aquelas, que atraem auroras, e flores de olhar.

Pra essa segunda arte, tive de estudar muito, a luz da lua.
E para a primeira arte bastava-me apenas observar.
Hoje iria passar direto, e talvez me portasse como indiferente.
Mas me lembrei, chegará a época da colheita.
(E todas estavam floridas) Gosto de cultivar meus próprios presentes,
e pessoalmente os entregar...

―Flor de Olhar! "Essa flor é pra você aceita?" 





(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados