music

sábado, 21 de janeiro de 2017


⸺"Eureca!!!" (Brado convicto)
Interrompendo o som da inércia.
⸺Descobri a formula X da felicidade!
"Um amigo fala ao outro de improviso,
quebrando a nostalgia na mesa do boteco."

⸺Garçom desce mais uma! Daquela...?!! 
(Um prestativo garçom, é como um bom amigo
que conhece todos os gostos de seus clientes)
 E logo após o empolgado cliente completa; 
⸺Ah! Bota ai aquele modão sertanejo!

"Segredos descobertos pelo Sátiro" 
Toda mesa de bar, 
(tem uma bola de cristal escondida)

⸺Cumpadi!!! 
Nóis num vai ficar corroendo dores por elas.

(Palavras do gênio) Agora é Tarde.
"Um lendário oráculo que lega suas filosofias
pelas mesas de bares mundo afora."
Buscando amenizar em partes a saudade.

⸺Mais acúma nóis há de conseguir tal façanha?
"De apagar de veiz aquelas marditas?"

(Estas são palavras ditas por, D.Outrora)
Deste, -diz a lenda que ele ficara preso ao seu passado
e nunca mais, conseguiu tocar em frente a sua vida.

 ⸺Outrora! Nunca mais! Vamos seguir em frente
e vamus ser feliz de verdade!!!
(A convicção) Deu o reino ao leão
E a esses dois a sensação de majestade.

A festa então se reinicia,
pelos bares, encontrados pelo caminho
naquela mesma rua.
Mas sem amor de verdade "não existe poesia!"
 Talvez, haja passageiros carinhos
que vagam pelo mundo da lua.

Enquanto isso... O fim da madrugada se aproxima.

⸺Ei! Cumpadi!! Acorda miserá!!
Vambora sô!
"Já é tarde, olha lá no céu" 
(O zombado olhar de aurora)

⸺Ié mesmo Cumpadi?
...E quais são as alegações dela?

⸺Alegares insolentes!!! (Essa ousada)
Quer saber se nóis conseguimos esquecer delas!

⸺Então responde uai! 
Antes que chegue o sol quente!

(O gênio, Agora é Tarde olha pros lados)
E descobre que amanheceram na calçada,
bem na frente da casa de uma delas!

⸺Vixi Cumpadi!!! Elas ganharam de novo!

(A névoa do arrependimento sempre vêm)
Para espantar os sentimentos usurpados.
"Palavra fielmente dita e confirmada por este poeta."
 Em vários casos por ele investigado.

⸺Anda logo cumpadi levanta ai seu bobo!
Pra que ela não nos lance olhar de desdém...
 ⸺Agora num dianta mais a pressa!
(Com outro a mardita já havia se casado)

Tudo podia ter sido diferente,
e a historia não precisava ter esse fim.
O sátiro não precisaria nem mesmo existir!
 Mas a culpa não é dele, e nem da Cachaça
isto são as colheitas, de cada semente.

 Mas enquanto a vida, Há esperança
tudo pode mudar a qualquer hora.
Sempre confie, d'uma pequena fresta de amor
pode se restaurar uma poesia.
Essas historias ainda estão em curso
por isso apenas o Sátiro está indo embora.

 Fim.



 (Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados