music

sábado, 7 de janeiro de 2017

A historia do vendedor de livros
Romance (Dá tempo pra um cafezinho)...

O vendedor de livros estava quase há seguir viagem.
Manhã de sábado o dia estava lindo, e muito tranquilo,
já quase saindo da cidade, observou uma jovem senhora
na janela de sua casa, como se estivesse sonhando abraçada a um livro.

E, isso desperta o seu interesse, (ali estava uma pessoa que gostava de ler)
a imagem típica dos apreciadores de uma boa leitura.
"Se despedir do ultimo capitulo de um livro, em meio a sonhos."

Estacionou o seu veículo, separou alguns bons livros para sugerir
e oferecer, aquela jovem senhora. E foi até a frente de sua casa...

Olá bom dia Senhorita!
Bom dia Cavalheiro! "Em que posso ajuda-lo?"
Estou vendendo livros, tem interesse em conhecer algumas das obras
que trago comigo?

Logo após abrir a porta da frente o convidou para entrar.
(Demonstrando o seu interesse em literatura)

Já dentro da casa, sentados frente a frente entre sofás, divididos por uma
pequena mesa de centro. 
Ele começa a expor os livros e, ela  atentamente observa um a um de cada titulo
que tão bem se ilustram em suas capas.

Mas houve alguns, que sugeriram inevitavelmente um dialogo amigável entre os dois.

Alguns destes livros (ainda não os conhecia) mas me sinto familiarizada com eles,
por algumas semelhanças entre os seu títulos e minha própria vida.
Olha Moça, este foi um dos motivos que me levaram, a ser um leitor
assíduo de livros de romances. E logo me vi tentado a unir o útil ao agradável.

"Me sinto como se tivesse conhecido pessoalmente todas as pessoas, 
nas quais se inspiraram os escritores."
(E tendo dito isso a encoraja-la a prosseguir a contar os fatos que marcaram muito a sua vida)

E a medida que ela ia se esvaziando, 
ele ia se enchendo de toda aquela beleza que surgia de dentro dela.

Quando ela terminara a sua historia, ele estava perplexo e admirado;
Olha tua historia é muito linda, mesmo contendo no momento um final feliz,
adiado em sua vida. 
É como se estivesse lendo uma série de amor, que foi interrompida pelo seu autor,
até que este consiga dar a está o final que merece.

(Ela havia sido abandonada pelo marido há alguns anos)
"Mas a solidão de quem acredita no amor, os tornam ainda mais lindos/a."
E a busca de quem acredita no amor, o encontra quando menos se espera.

Eles passaram grande parte da manhã, se conhecendo ali mesmo, influenciados
pela presença daqueles livros de romance. E há um certo ponto da conversa
já sorriam juntos, e sem que percebessem sonhavam juntos também.

"Uma linda historia de amor, nasce baseada nestes momento mágicos da vida."

"De repente ele se assusta, olha para o relógio, e diz;
–Preciso ir agora já são quase 10hrs da manhã!?!...

 Algumas perguntas só são criadas para abrir um "entre aspas para as duvidas" 
se testificarem de suas certezas.
são as reticências do amor esperando continuação...
E dependendo do que surgir após a mesma, todos os anseios se confirmam,
e a historia iniciada tem tudo para um grande romance, com um final feliz.

"Ela, então o acalma interrompendo o seu medo de não ser correspondido e diz;
–Dá tempo para um cafezinho ainda?
–Ele sorriu e respondeu; Dá sim, já não tenho mais pressa em partir!

E foi aquele simples café, oferecido um pouco tarde o grande responsável
pela continuação do romance desses dois.

Fim.    




(Lourisvaldo  Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados