music

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017


A lua do teu gosto.

Buscarei em ti, o olhar sedento
Quem sabe na noite, n'estes encontro
a luz que meu corpo enternece.
Guia-me, querida por teu caminho flanco. 

(Eu pedi amor) "Às estrelas que caem,
que aumente em confins o teu clarão."
Queixaram-se elas então; 
- Muitas outras serão apagadas!

...Mas, o que tenho eu convosco?
Apenas ela, não seja ofuscada
nem sejas eu, da penumbra o fosco.

Olvido, antes que despertes
e não màs, a tenha assim tão perto.
A noite é nua e teu corpo descreves
a mais perfeita lua, em céu aberto.





L.L.S
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados