music

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

(Contos e Poesias)


Tentaram separar...
 
Ele & Ela.

Eles se amam muito
Ele vive pra ela
E ela vive pra ele
Sempre estavam juntos.

E faziam de tudo
Para se agradarem
Um prometia o mundo
O outro o mundo tinha.
Cumpria se tudo
Ao se abraçarem

Um beijo dele
era sempre retribuído por outro dela.
Um sorriso no rosto dele
Sempre encontrava, brilho nos olhos dela.

Ele era um adivinhador
De segredos....
Ela um poço de amor
Transbordante de desejos.

Mas, veio então esse dia
Quê profanam o puro e o santo.
Pisoteiam e esmagam toda poesia
Para verem o que resta sem nenhum encanto

Aos ouvidos dela
Chegou a mentira
Toda enfeitada e bela
Mas só pôr fora ela brilha.

Dizendo-na;
"Uma bela moça foi vista
Ao lado Dele!
E a outra era muito bonita
e estava abraçada com ele"

Ele & Outra
Nunca existiram...

Os boatos dão vida às lendas
E dão força aos maiores medos.
Cobrem a razão com uma venda
E nunca decifram todo o segredo.

Veio então nesse mesmo dia
Aos ouvidos dele...
Incredulidade (quebrando a magia)
Para ver o quê havia dentro dele!

Dizendo-o;
Ela foi vista com outro!
Outro, um moço sorridente
ela se encostava em seu rosto.
E o outro se abraçava a ela.

Ela & Outro
Nunca existiram...

São rumores
De falsas guerras...
Quê ceifam do campo às flores,
e queimam nossas quimeras.

Corações partidos
Cada qual seguiu por um lado.
Corações divididos
Amores dilacerados.

Ela se fechou em uma torre
E se recusava a descer...
Ele se refugiou de outros amores
e por Outra, decidiu não iria mais viver.


Ela chorava sem parar
Em noites de lua cheia
De seus olhos corriam um mar
e de seus lábios se ouvia
um canto triste de sereia...

Ele compunha poemas tristes,
para, entre sussurros recitar...
"A esses o coração não resiste
são palavras, quê ele não consegue falar."

Um dia veio o destino
Na voz segura de um fiel amigo
E disse a Ele;
Perdestes tu o tino?
Quê não conhecestes o falso brilho
das mentiras quê saiam daqueles?

Final feliz é quando
O amor prevalece!
Mesmo sem temos nada
teremos sobrando. 
O falso é neblina densa
que logo se esvaece...

No mesmo dia veio a Verdade
Até ela, na voz de uma amiga;
Não provastes tu se havia sinceridade?
E decidiste a favor da intriga!
Trocastes-tu teu amor pela maldade?

Final feliz é quando
O amor é verdadeiro!
Mesmo perdendo algumas lutas
Ele se recompõe ligeiro...
E vai em busca do quê está faltando.

Ele & Ela se reencontraram
Devolveram-lhes a parte do coração
Quê lhes faltava.
Novamente se completaram...

Mas, vieram outros dias
iguais aqueles.
Quê tentam dividir
Os corações
E rasgar às mais belas poesias
 
Só quê dessa vez não!
"A reconstrução
Fortalece ainda mais a magia."


Fim.


(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados