music

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Uma pétala só



As rosas se eludem, 
de farta graça, e fiel beleza.
-Nos confluem,
a navegar por tal leveza.

Enclausurados segredos,
"cobiçar-te é esforço brando",
 de inegáveis desejos,
por teus átrios sonhando.
 
Rêcamaras silenciosas a sorrir,
destes teus recônditos anelos,
chegastes a me ferir,
-o desejar de teus desvelos.

Uma pétala de rosa,
é todo um céu de anjos.
"Dê-me deste teu amor,
que a vida renova!"

-amar-te-ei como um fiel arcanjo,
-sem pressa -com eterna hora.
 
 
 (Lourisvaldo Lopes da Silva)
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados