music

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Sexta-feira 13 Os medos...



Noite fria, 
sussurrar inefável,
de uma obscuridade,
lendária! 

Os contistas são néscios,
de um pavor quimerico,
há fabulas é controvérsias,
nas diligências é seus tratados...

O medo é uma posse, da imaginação
e o lado tenebroso,
da inspiração!
 
Cria recria é alimenta,
cresce, prescreve 
é se reapresenta!

Somos nós,
é nossa imperfeição,
de não nos sentirmos sós,
perdemos a razão.

O lado excêntrico de nossa nostalgia,
apavorado em seus fantasmas,
ermo desolado em nossas utopias,
mas sentir medo,
é se sentir em casa.

Sem eles o que seriamos sem os receios, 
bons tolos obstinados,
a desrespeitar o sinal vermelho
é as advertências que ameaçam "Cuidado!" 


 
 (Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados