music

domingo, 29 de maio de 2016

Lágrimas de uma rosa...



Nos orvalhos das noites serenas,
ruge a escuridão na ausência do sol.
A lua e as estrelas, são amenas,
ao coração enturvecido de um girassol.

Das nuvens não alcançadas,
retornam os vapores,
e nas plantações caladas,
repousam sobre as flores.

E do sono de uma das rosas,
colheram todos os sonhos,
solidão passou silenciosa
...(ela estava se recompondo)

...Fez frio, durante essa madrugada,
assopram-na forte, as lembranças
"Os relentos de uma flor apaixonada
muito cedo se adiantam"...

-Escorrem pela alma triste,
as lágrimas de um coração
...Caminhando...pelas vertigens,
arrimando, em sua inanição...

Se curva a rosa orvalhada,
até que de seu corpo esvaeçam...
As lembranças e a noite passada,
com a chegada do sol, desapareçam.


(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados