music

sexta-feira, 27 de maio de 2016

O corpo de Cristo




Tão jovem como as alvas da aurora,
-se, uma vida correspondesse a um dia,
-"uma dor prematura/uma mãe que chora,
por seu filho que viverá menos de meio dia."

Tão pura luz, que aos olhos cega,
são os resplendores de tuas palavras,
que ofuscam a turbidez intransigente das trevas,
-a luz desse clarão, [o horror de nossas chagas]

A maldade reina de bondade disfarçada,
-superabunda em ciúmes mas falta-lhe alma.
Se apoia o vil, abraçado a quem o afaga
nele jaz a curta garantia de suas alvoradas.

Da patuleia dos nobres,
a excelsa soberba.
O acumulo dos reis (pobres)
se desviando dessa vereda...

-O corpo de Cristo!
A bússola de todas as direções,
emérito mapa.

O soldo esperado,
a luz -o caminho -a salvação.
O cordeiro-
é, de Deus amado,
o herdeiro.

O Corpo de Cristo,
Diagrama  tracejado,
(bosquejo perfeito)
o amor mais bonito,
Cristo...

A resistência crucial,
o sangue lacrimejado,
sem conhecer o final,
Resultado?
"Ressuscitado!"

Aonde estás meu Senhor teu corpo?
Para que te sirvas?

"No frio, na fome, na sede
nas dores, na prisão,
na...solidão."

"No arrependido,
no amor -no perdão
no amigo"

"Na criança,
na velhice,
e na esperança
nos dias tristes"...

O corpo de Cristo foi lançado,
são as sortes, de nossa fé!

 Jesus de Nazaré...

(Lourisvaldo Lopes da Silva) 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados