music

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Saudade ofusca
 
 Acoberto o segredo da partida
com expresso desejo de tê-la perto.

Acalanto-a em meus fados tristes,
prefiro que vivas em meus prantos
que morrer sozinho em alto mar.

Foi aqui que há vi partir
e por aqui a esperarei voltar.

À lonjura da noite ofusca
A estrela q'sem brilho vaga
Teu corpo na penumbra oculta
 é sombra que não se apaga.

 O clarão da saudade queima
como o fogo, arrebata o sono.
Vistes-tu do meu coração a gema?!
 Volte! E me sejas o mais belo sonho...

No vulto teu olhar se foi
Em silhueta fina sendo apagada.
Na dor de teu amor esconde,
o silencio q'faz mau pra dois...
"Convida-me é será amada
mas estou sozinho e ninguém responde!"

 Como fostes, assim restastes
de ti, um desejo enorme.
Da ultima vez que me abraçastes.
Coração se lembra e morre 
de saudades tua.  




 (Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados