music

sexta-feira, 8 de abril de 2016

zoOM



Desde o pensar ao executar
da formação -do sorrir
do viver ao sonhar
do convir ao exigir...

Do nascente ao poente
da primeira a zero hora...
O germinar é sua semente
ficamos? "Ou vamos agora"-

Esconderam-se de nós as descobertas
entre a sombra de um olhar fechado
Vai adiante dos olhos abertos
os desejos da busca,
"Quem procura pode ser achado!"
Quem responde (primeiro a si mesmo) pergunta...

Quem dá o valor?
"Dá importância ao pouco que tem"...

Antes da queda do sono
e, das pálpebras curvarem-se para o silencio
A penumbra projeta para o seu dono
(as memórias do tempo)

Não falta nada!
"Apenas não conseguimos, vêr tudo completa'mente"

A chegada da inspiração
veio vindo ao longo dos dias,
e ao chegar quer logo partir,
não conhece indecisão,
cresce até se tornar poesia.

Quando desejardes algo novo ou diferente
encontre o não encontrado,
entre os achados,
estão os mais bravos insurgentes

Não procures apenas o que enxergas
isso é igual, é universal.
O olhar limitado é um filosofo em trevas
nada tens de novo, sobre o inicio, meio ou final.

Olhe para qualquer coisa que quiser
mas de a ela, o seu valor, desse tamanho será a tua fé...

Do tamanho seu ou meu... 
                                      O amor engrandece tudo
                                                    por isso o maior de todos se chama Deus!
                                                                     


zoOM


(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados