music

domingo, 24 de abril de 2016

O encantador de donzelas...



Toda donzela
é princesa, é um dia coroada
Será rainha
quê novamente como donzela
será sempre Cortejada.

Na praça de áries
havia abundantes jardins de flores.
ali se via belas moças, (e aos milhares)
lugar frequentado pelos conquistadores.

Áries fundada no mês de abril
para agradecer a passagem do outono,
Lugar perfeito para reunir amigos nas manhãs frias de inverno.
A praça de áries, serviu de marco nas lembranças.
Quantos amores, nascidos ali
inspirados no sono das plantas
cresciam por dentro em vigor e esperança.

Houve uma época, protegida até os dias de hoje, pelas recordações,
Há muito tempo atrás...
Ela foi frequentada, pôr um jovem poeta nos meses da primavera
Ali dedicava a natureza suas canções.
A sua volta sentavam-se as jovens, (encantadas)...
Pelo seus versos, anelos é espera...

-Os mancebos se corroendo por dentro em suas revoltas.

O ciúme se misturava, entre o perfume das flores.
Deste ciúme nasceu um jovem conselheiro
O apelidaram de cupido

"Se querem conquistar seus amores"
  (Sejam rápidos é ligeiros : )
O equinócio convida as flores, cheguem-se a elas primeiro! 

Um poeta, conquista vários amores ao mesmo tempo.
E com um único verso
pode transporta a mulher que ama até o universo.

Mas o amor verdadeiro é moderado
 (mas é também ciumento)...
Por medo de acordarem um dia
é a praça de áries
Estivesse vazia

E não encontrassem nela seus pares...
(e no outono houvesse ali nostalgias secas, lembranças é  folhas)
Da saudade muito pouco se aproveita.
Viver um verdadeiro amor é uma escolha!

O amor foi mais forte e tomou uma atitude.
"Ou ele muda o homem
ou então quê este se mude!"

Mas não havia um, dentre os jovens mancebos
Quê queriam ir embora
Amor é moderado, mas também sente medo.
E traz a coragem para o lado de fora.

Aquele dentre vários outros
foi um dia incrível...
Não dava para saber se tinha mais flores,
nos rebentos dos jardins de áries
ou nas mãos dos jovens apaixonados...

Era sobre isso que o encantador
de Donzelas, dizia em suas poesias...
Flores na mente das mulheres,
 são difíceis de serem vistas.
Mas ofereça uma sua a ela ,
 escolha a mais bela.
E com gesto sincero a coloque em seus cabelos.
E deixe que apenas os teus sentimentos insistam.

Nomes foram convidados,
e uma a uma das donzelas se levantavam...
Indo de encontro ao seu apaixonado.
Poucos minutos eram suficientes,
para estes se abraçarem....
 
O encantador poeta
ainda mais se inspirava...
Diante da magia da praça de áries
todo amor tinha uma flor
é todas as flores tinham seus pares.

-Com uma das donzelas
se mudou para a floresta...
Mas deixou sobre áries seus encantos...

Um poeta não é concorrente,
amar pôr amar
é seu maior amor
E ver brotar suas sementes.
E sua maior recompensa
é igual a sua
encontrar.

  (fim)

O encantador de donzelas

Poesias... 


(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados