music

sábado, 9 de abril de 2016

Segredo coletivo...





Um segredo coletivo
Cochichado de um a um
Como se fosse um ritmo

“Um mais Um” Dois mais um”
“Três mais um”
O ritmado um vai longe...
De repente mais nada se esconde!

Um amigo bem baixinho
Arrumou uma grande namorada
Em estatura é carinho
Como um príncipe olhando pro alto da torre a sua amada...

Ele buscava a beleza de seu olhar
Ela se curvava para servi-lo como merecia...
Quesito aparente de beleza quase não tinha (Eloar)
Mas apenas para ele de seu casulo fugia...

Dava pra ver nos olhos dele
Parecia ter voltado do Evereste
(mas sabe aqueles amigos?  (aqueles)
Que se parecem mais com um inimigo?
Se existe “Pois bem são estes...

Faziam piada de qualquer diferença
São  mesmos (muito mau)
Por julgarem as aparências...
Olham nos seus olhos mas por dentro são vesgos

O baixinho apaixonado
Calado 
ouvia esses conselhos:

"Rapaz tu é mesmo corajoso"
Tu merece coisa melhor...
Esse tipo de conselho me da nojo...
Mas aversão por quem age assim é muito maior!


Ele pouco ligava
Sabia que ela estava protegida...
Quem vive por aparência não vive nada
Bom ao menos desses a cobiça por ela foi banida!


Mas ele a amava tanto
Que não conseguiu guardar segredo
( chamou um amigo mais próximo em um canto)
Mas este não era tão bom sujeito!

Toda história ao ser retransmitida ganha versão nova!
Quando chegou até mim
Os peixes já povoavam os rios em suas desovas
Eu a ouvi assim:

Palavras de carinho (ditas pelo baixinho)
"Eloar é tão linda"
(frase da qual todos riam)
Mas não por muito tempo,
Diante das coisas que aconteciam...

Gosto que todos a achem feia
Assim apenas eu escuto o sussurrar
(a doce voz Eloar)
É como o canto das sereias...

Penso em me casar com ela
Para ter para sempre aquele olhar...
O seu hálito é como o aroma da primavera
Seu corpo surge como a chegada do luar...

Um luar apenas meu
Uma primavera toda minha...
( a noite me espera Eloar)
Amor!! Ele me convenceu...
É tudo o que me faltava seu amor me deu...

A noite a amei...
e durante o dia todo a sonhei...

Pensamentos meus acerca dos teus: 

Chiquinho...

"Meu bom amigo
Bom seria-te ter mantido esse teu segredo!"
Tens amigos que não são amigos
Vivem de cobiças é todos traem por seus desejos!

Agora Eloar não é mais feia
É mar desejado!
Encantando a tantos, mesmo sem ser sereia...
Um mais Um mais Um...é “Igual” segredo espalhado!

"Agora baixinho se esforça muito por ela"
(Tem muita gente a querendo)...
Chiquinho estão querendo roubar tua primavera...
(É pensam que tu não estás vendo)

“Quem consegue amar o que o olho não vê
descobre que não é a aparência que dita, o verdadeiro prazer!”

A amizade, carinho, zelo, cuidado é a dedicação
notável que  recebia de sua namorada
(Dentre tantos outros atributos um a um dantes revelado)
A colocou no nosso bairro entre as mais notadas
Não tem como deter um segredo depois que se espalha por este chão!
É como o leve pó que cobre as estradas...

Tudo isso explica a pressa de Chiquinho (o baixinho)
Tava nas alturas (Eloar) é fervendo de ciúmes...
O casamento saiu logo, bem rapidinho

"Amor" [A beleza dessa flor] "Está no seu perfume!"



(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados