music

domingo, 17 de abril de 2016

A chuva



"Chuva que lava o pó
que cobre o lado de fora".
Porque me deixas só
e daqui de dentro nada leva embora.

"Chuva que traz o verde
que ressuscita as sementes".
Só não mata a minha sede
mas da vida a este amor dormente.

"Chuva estás triste
e deixa lágrimas em minha janela".
A última lágrima que em mim existe
eu já derramei por ela.

"Chuva calada
dançando em meu telhado".
Meu silencio é por minha amada
também a vejo dançando quando estou calado!
 
"Chuva que molha o meu corpo
fez brotar a saudade nela"
Saímos de encontro um ao outro
quando ela me avistou pela janela.

Janela de lágrimas 
chuva que molha.
Amarela as nossas páginas
mas não apaga a nossa historia.

A chuva lavou os vestígios de nossa solidão
nascemos novamente um pro outro!
Geminou a semente que existia em nosso coração
tão bom senti-la rolando em nosso rosto.




 (Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados