music

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Enquanto dormimos...



Quê a noite saiba se limitar,
é não avance para dentro de nós...
Ao teu lado não posso dormir
[posso pensar]-[posso sonhar]

Mas não vou conseguir
(dormir)-(apenas sonhar)

-Nossas fantasias,
no silencio de nossas vozes,
por aqui não existem noites
apenas dias.

Enquanto lá fora,
as estrelas se exibem
aos que ainda não se encontraram,
é a lua faça encolher os carentes
que ainda não se abraçaram...

Seja suficiente para a noite,
repousar, sobre o nosso telhado!
É a claridade da lua seja permitido,
-o atravessar pela janela...

Quando estamos de olhos fechados
meu corpo apaixonado, abraça forte o corpo dela.

(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados