music

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Poema Dedicado (Eliz...)



D'onde ela vinha?
A escrita muda sorria
E um turbilhão de paginas girava
Como a revolução de um planeta
Se descrevendo em paginas  

Uma trama alude
A desvendar o alvo é branco
Olhar de um Anjo
Sábio louco e santo
À desvendar-tuas virtudes

Teus versos, convidam;
"Venham"
Lá onde turvo se inspira o Universo
Teus olhos brilham
 Vejam-na

...Tuas mãos aos sonhos entregues
Mesmo teus olhos 'stando fechados
Tu'alma se inspira, 
 Provas antes à utopia de teus tratados
Eliz vive entre as poesias
Quão doce...Revelam-se em ti cada entrelinha.

Sou o leitor livre do corpo 
   Quando busco encontro teus afagos
Livra-me Eliz; "do sábio, do tolo é do louco"
 No rodapé de teus escritos

-Sonham os mais felizes
d'teus fidalgos!

Nós pés da cachoeira o céu é mais bonito


"Quando os sentimentos 
todos se espalham!"
Os ventos movem as cortinas
E os versos teus, se preparam
Como anseia a virgem menina
Por trás do véu, por este momento.


 
(Lourisvaldo Lopes da Silva)



 Homenagem a criatividade, inspiração e ousadia literária
Da Escritora e Poeta Elizângela Nascimento.

 Nunca se detenha diante de um desafio
Componha sempre, minha amiga
só assim, as aguas nascentes
fluem em correntezas
até se transformarem
em belos rios.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados