music

domingo, 3 de janeiro de 2016

Earth magic (terra mágica)



Linha reta horizonte, intermitente irregular
Aglomerados, planícies, montes e mar
Contam-se das alturas, homens valentes
Em berço infinito, bola azul dormente


Circunferência perfeita em seu eixo
atmosfera pressionada, para nos proteger
Naturalmente a mãe do verde dá seu jeito
Imperfeitos encontrando fim,  vida a se reger


Earth magic solo concentra partículas
Atravessando-o, fértil, teus frutos a oferecer
As raças lhe são apenas como gotículas
Se evaporam breve, e logo se hão de esquecer


Águas dispostas ao corpo humano
desenhando veios regatos quê correm soberanos
na superfície saltam sobre, os montes
Sem palavras emudece-nos feito o horizonte

 Vendo o desviar das serras, a se perder no mar
 Doce,Salobra e salgada uma terça é a grande parte
Uma quarta sobressaída deste lado é o meu lar

(minha vida)

Terra doce como o suor dá satisfação
Recolhes desta madre sem sabor
O gosto mágico extraído do chão
"Ainda a esperança para o amor"


Canta silvestre, ( o gigante) coral de aves
Abafa grunhidos e bramido das feras
Dias selvagens, noites quê invadem
Irracional reclamou, pedindo por suas  belas

Terra mágica...
De ti também fomos extraídos,
Apesar de tudo, não queriamos ficar só
Ciclo da recompensa, pedido atendido
Reino das fantasias não há lugar melhor


 Earth magic...




(Lourisvaldo Lopes da Silva)   
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados