music

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

O Pomar dos Sonhos...




Oferecidas terras, de descansada força,
Seduzia ao plantio...
Entre o aparelhado das serras,
uma campina de solo escuro, aguardada para ser arada!

A historia já havia percorrido por ali,
no decorrer de longas vidas,
sobrada paz,
 entre as Raças,
 tendo a fé sido distribuída entre todos ate mesmo os Gentios!

Pesquisada entre os teólogos e historiadores,
a localização ausenciada do Éden!
(Preservada restava essa terra),
longe dos olhos que enxergavam as penas dos campos de guerras!

Eirado para se enventrear sementes ,
onde a chuva abundante, doa solicitude...
Recôndito do por do sol,
 berço das mais belas nascentes!

Colhidos dali os mais belos frutos,
aconchego aonde saúde e paz,
sempre podem mais,
Poder absoluto!

Uma doce mulher desfila, andado descalço,
 e as brisas respiram  o aromado das flores!
Um nobre fruticultor, sempre a lançar suas graças para o alto!
Por ter sido discipulado, para o cultivar de tais amores...

Existe um recanto bem prosperado, aos pés da grande mina,
onde entremeava teus sonhos de menino,
 no desvendar,  ambos muito tímidos,
ele modesto, pelo recato de beleza em sua menina!

As noites são aconchegáveis cobertores,
 que se apoiam gentilmente,
sobre as copas do pomar,
para não assustar tão nobres frutos!
(que se encontra apenas neste lugar)

Me e fácil recordar,
que tudo se iniciou com o adornado,
esconder de sementes,
e os favores de bom grado no cultivar o esperado!

Simples moço de (qualidades),
Alcançara a maior de toda herança!
Que o pomar não sonha, que o lavrar e fruto da esperança,

E, quê "Aonde o mundo em si, esqueceu", 
        O Jardim do Éden se perdeu...


O Pomar dos Sonhos...

Autor:

lorisvaldolopes.blogpot.com.br  
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados