music

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Amanhecendo em mim...



Renda se aos sonhos, conforme tua necessidade,
entregue-se a vida, o quanto ela exigir!
Descubra, (que a mais bela) , foi a dor provocada pela verdade!
E a melhor noite, vem depois do persistir!


As pernas tremem, e as mãos cansam,
de puro desejo, o corpo se entrega!
A medida, quê o outro se avança,
adentra assim, e nas mais densas te alegras!


Para se esquecer, e preciso fugir,
e descansar dormindo!
Deves parecer, quê nem estás mais aqui,
mas se entrega sorrindo!


Aonde, chegas ó sonho involuntário,
que apartas, pra ti um recanto da mente...
E faz do (ser), desnecessário,
e talvez nem me, lembre, mas estou contente!


Raios de luz, se aproximam em silencio,
e o dia vem me convidar...
Dai-me mais, um pouco de tempo,
preciso me despedir, antes de acordar!



Acorda que prende-me a este querer,
anuncia a claros reflexos...
Vai amanhecer...
E as aves escancaram seus versos!


 As vezes me lembro bem,
mas, logo partiu a madrugada...
Meus olhos se abriu,
meus pés, correram para a estrada!


Amanheceu, dentro de mim,
com um brilhar de intenso calor...
E foi muito simples,
Como o amor,
peculiar entre os jasmins!


Alterna, minha vida e sua escolha,
para atração em mim carente...
As arvores, se espreguiçam ao perder de folhas,
Eu vou diminuindo, as vezes sorrindo,
por este amanhecer diferente!


Autor:

 lorisvaldolopes.blogspot.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados