music

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Suave brisa...


Quê ventos a despedem a me encontrar
Surpreende-me sempre silenciosa...
No teu mar não têm ondas
Mas agitas o mar que existe em mim....

Sussurra Tua discreta  euforia sobrevoando,
encantando meu coração deserto, teu amor  brando parece não ter fim....

Suave brisa,
trazendo o cheiro dela, a bela flor só surge após o seu perfume...
E este amor...Está a me procurar...

Sou esta parede de rocha sonhando ao longe...
Os ventos quê me ferem devem voltar....
Mas ela vem vindo como uma suave brisa quê vêm para ficar....


Suave brisa...

Autor:


Lourisvaldo Lopes da Silva
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados