music

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

O poço dos desejos...



"Quem não sonha...Nunca os apanha!'
 

São vaga-lumes ofuscante em meio a escuridão...
No mesmo lugar, em que não se esperam, eles sempre vêm!
É esperança, vestida de fada, estendendo as suas mãos...
Tímidos, medos e dúvidas, são 3 raças de carrascos, fazendo reféns!

No fundo, bem no fundo do poço
nada vejo, a não ser o calar para o ouvir das sombras...
(É são cada pedidos)  "Ora se desejar for esforço"...
Minha será realização ,(aquela que satisfaz) é  ninguém me toma!

Porquê desejar, é um meio caminho andado!
"Lançar moedas, da direito a cobrança"...
O quê eu, mais tenho feito e cobrado! : )
Essa, fada já está comprometida na sua mão direita traz, a nossa aliança!

"Eu desejo",
sentimentos de carne e osso!
Quero eu poder tocar, na alegria
a paixão, quero beija-la, e sentir o seu gosto!
(E dançar a valsa dos amantes com a poesia!)

É quimera, a provocante vinda de outrora desconhecida...
Ver desfilando com um longo vestido vermelho
(ao lado de disparate o cupido dos loucos)
E o mar de rosas, cristalino nos chegando aos artelhos!

Desejo muito ver aroma, o filho mais jovem das flores...
Rodeado pelas orquídeas adolescentes...
Arco-íris, o trovador em sua venda, negociando cores...
É na banca, revistas é jornais, anunciando o amor da gente!

Meu último desejo ao poço
"Faça de mim um poeta!"
E me de pôr conselheiro um louco...
As estrelas sejam os instrumentos, é inspiração
se transforme em querubim, para reger essa orquestra!
Não haverá trevas nem mar revolto...
Que não se acalme, diante de minha festa!

Mas...
(O não começar é quase eterno, sem direito a existir também não terá  fim)

Minhas moedas logo se acabaram
é o poço continuava silencioso!
Investidos neste, estão todos os meus segredos
mas, eu juro
quando ganhar mais, eu volto de novo!

(Quem tem medo, não tem fantasias para o futuro)

O poço é realmente verdadeiro
como os desejos o são também!
Já está se cumprindo (iniciando dos derradeiros)
minhas moedas depositadas,
já ultrapassam em desejos a quantia de cem!


Autor:


Lourisvaldo Lopes da Silva
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados