music

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Lendo a encontrei...


Eu precisava ler,
a sede do conhecimento é parecida com a fome!

É o aprendiz tímido que,
existe por dentro do leitor, é como o jovem acanhado...
Ao lado da mulher que ama, sente-se pronto sente-se homem

Ninguém conhece totalmente um livro,
mas descobre tudo o que procura nele!

A sabedoria, se complementa,
é transferindo-se evolui de um para outro...

No meio das letras, é impossível passar despercebido
pois elas desfrutam liberdade entre os nossos pensamentos!

A literatura, desafia a imaginação, é essa bate de frente com a fantasia...
Nosso reino imaginário, alimentado pela nossa utopia...

"Um dia eu quis conhecer o entendimento dos escritores
o coração das mulheres é todos os seus amores!"

A poesia caiu do céu entre versos cadentes,
é o véu dos cometas vieram deixando os teus rastros!

"Como os poetas, conseguem voar tão longe,
é conseguem transforma-te em palavras?"

Aonde o coração das mulheres se escondem?

"Os livros me deram asas!"

Comecei então a ler um coração, assim chamo a escrita com amor!
O beijo suave nas costas das mãos, o carinho devido a uma flor!

(Descobri-te em meio a livros,
encontrei-me de amor perdido!)

Porque o teu coração, é mais belo que o teu rosto,
é o teu carinho mais doce que o mel!

Estavas ali, letra por letra a mulher que tanto sonhei
o amor que tanto desejei...

Não me é mais um segredo,
sei bem quem és! 

Vou seguir pelas pistas destas paginas, tuas os teus enredos
não há como esconder-te, conheço teus medos é teus desejos!

Exatamente como os poetas descreveram,
é o meu entendimento a interpretou 
procurando o que não sabia, encontrei entre as poesias
A esperança de tê-la em meus braços, 
(Mulher) meu coração a ti já se entregou!
O livro que eu leio, também o abraço!



Autor:


Lourisvaldo Lopes da Silva    
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados