music

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

A casa na árvore...


Um grande pé de goiaba
tinha braços fortes como de um pai
Crianças arteiras têm asas
E o carinho das árvores as atraem!

Ainda sou atraído e também menino
Na época de tenra idade, bem mais novo
Sandro o mais velho, era o sabido
É eu (ainda) sou o mais custoso : )

Sempre encontrávamos um proveito
Nos descartes das pilhas das sobras
Carpintaria dos sonhos, sempre da um jeito
Criança complementar, não se incômoda!

Os anjos nos estendiam as mãos
Nossa imaginação, era como a nossa escada
Nossas estrelas, as bolhas de sabão
Sem telhado qualquer hora do dia tínhamos madrugada

E os ventos, quando eram mais fortes
Nos levavam até o mar
"Gira o timão, rumo ao norte"
Na terra da fantasia vamos atracar

Casa na árvore,
Uma bandeja de sonhos
Servida pela mão da natureza
Aonde me encontrar?
Agora já sabes
basta aprender a voar...

Autor:

Lourisvaldo Lopes da Silva
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados