music

sexta-feira, 25 de novembro de 2016


Um dia sem ti...

É manhã de céu cerrado
nuvens densas e sol esconso .
Amanheceu sem aurora,
...(meu amor) Apenas por ti
eu tenho esperado.

O orvalho da noite ainda chora,
e as pequenas flores são afagadas,
 por um abraço frio,  d'um olhar triste.
Como se fosse do horizonte um muro,
é o céu cerrado, que eu me encontro.

O sussurrar de uma brisa sozinha,
é minha voz quase calada.
Em um dia sem ti, eu não existo
posso ser, da ausente fábula uma lenda.
O homem que se negou, ao tempo,
e lançou mão de seu futuro...

Para viver nas lembranças
aonde eternamente, és minha!
Ontem eu me vi morrendo
quando ouvi de teus lábios "Adeus."
 Hoje, eu me recuso a nascer.




(Lourisvaldo Lopes da Silva)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados