music

terça-feira, 1 de novembro de 2016



Existem dias que...

Todos os fortes sentem flagelos 
Não hasteiam bandeiras brancas em suas torres
Nem mesmo há ...(um castelo)

Mas há entradas, e nelas existem portas
E, também algumas janelas.
Tem dias que me sinto dando voltas
e não há vejo em nenhuma delas.

No caminho não vejo flores
mas sinto os espinhos.

Dá vontade de te abraçar
mas estamos sozinhos.

Esses dias,
são os que mais demoram passar.

"Tem duas horas em uma
e todos os lugares ficam vazios."

Tem sol lá fora
Mas aqui dentro sinto frio.

Tem dias que amanhecem com cara de solidão
as aves se distanciam, quando, eu me aproximo.
Cochichos é o que ouço, em vez de canções.
...A saudade vem suave como a brisa,
mas vai ganhando força.
E, se transforma em tempestade, 
no fim do dia.

Sinto uma tristeza sem nome
e, uma dor sem ferida.

Porque te escondes?
Tem dias...

Que não me encontro
ao teu lado.
Nem mesmo em pensamentos a alcanço.

Nesses dias, sinto raiva de mim
mas, me contenho, calado.

Amar de mais tem sido muito pouco.

Então por não saber amar, 
deixo de ama-la
para aprender a amar, o sábio
deve-se portar como um louco.

E me vejo assim o dia todo,
tentando fugir...
E ao mesmo tempo tentando abraça-la.





(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados