music

domingo, 27 de setembro de 2015

" A festa da Poesia!"




Uma continuidade sem data prevista, por desconhecer o fim...


Como também não se perdem mais,
 de si mesmos, aqueles que se encontram!

Se inicia ao longe lá dentro, 
 aonde uma nova natureza,
 ( renasceu)    ainda   "Há tempo!"
E dançam com muita paz ,
 todo aquele que, a si mesmo venceu,
 vão seguindo o "Alarir do Alento!"

"Já tenho a minha escolhida",
 (a mais bela da terra vai me acompanhar)...
De todas as mulheres já vividas, 
Um pouco de cada uma me convida, e as "Encontro  nela!"
E no ritmo abstrato, da aspiração por amar...
Sou um poeta insistindo em despertar, olhares contínuos sobre ela...


São os flautistas de encantamentos, 
livrando a simples cidade dos ratos,
 para que não corroam os nobres de Fato!


"Dessa irreversível  festa"...
Posso ouvir a melodia, 
Dos arcanjos se misturando ao som das harpas!
A noite envolvendo, com o versejar das serestas,
 (lua e estrelas expressam euforia)...
Têm sublime alegria, beijos, cochichos, desejos e abraços!
Podem chama-la, "da grande Festa da Poesia, "
(e espalharem tal boato)...


Pôr cima das águas do mar correm alegres versos!
Voam os apaixonados de encontro ao universo!


E preciso Saber Sonhar ,Ousar Amar,
"e exigente Esforço em Perdoar!"

Ente o sábio e o louco,um palco permeia, equilíbrio e harmonia!


                          " A festa da Poesia!"




Autor:

lorisvaldolopes.blogspot.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados