music

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

A Distância de uma Poesia...






Perto o bastante,
( mais não se notam)...
"Longe um do outro se provocam!"

A ausência (do perto) ,
Não tem como ser medida!
"O amor", este sim e do tamanho da vida!


O silêncio, e dúvida, 
 levando os olhos para lugares distante...
O abraço forte, 
não desperta mais desafios...
A saudade esta imutável,
 não se recorda como antes !
no fundo uma luz bem fraca,
lutando contra lugares tão vazios!



O amor as vezes,
 (carente) fica frágil, dormente...
E o carinho,
 "tentando superar tudo sozinho!"
Abraçados e desolados,
 indiferentes...
São amores de gente, adversidades pelo caminho!


Não se vencem os que não se aventuram!
Um pouquinho de loucura,
misturada a doçura...
Uma frase ao olhar silencioso,
 que me indaga, " E agora?"
São esperanças próximas,  (elas se procuram! )


O amor e perfeito ouvinte!
Assim como são indispensáveis,
 os momentos de alegria...
O melhor dia? Hoje! 
Melhor hora? Agora! 
"Descarte o dia seguinte!"
Quando se acorda, e verdade!
" Sim ! "
(E porque o amor existe...)
 


Despercebido, e pouco notado! 
"Onde tenho (Passado) Está meu grande achado!"
Quando se quer vê-lo, 
faz se nítido como a luz do dia...
A mercê da vida,  e para poder percebe-lo!

Percorra," A Distancia de uma Poesia..."


Autor:



lorisvaldolopes.blogspot.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados