music

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Carinhos...



Eu fico assim, meio sem jeito,
tropeçando em orgulhos, e defeitos!
E ela percebe,e me olha diferente,
seguimos,confiantes para obedecermos,
 (os instintos da gente)...

Sabe bem como e...
Silencio inocente,
 de quem se entrega!
E  um abraço?
(Este sim, sabe bem o que quer)...
Entre caricias,sonhando e se imaginado, não se negam...


Precisávamos desse colo, afável, amável...
Um pouquinho de sossego, a zombar solidão!
Confortável...
Sentir o amor no toque das mãos...

      
Criar brisas suaves e quentes...
Com breves sussurros,que vem de dentro...
E um vicio gostoso, que une a gente...
Os corpos se compreendem,
(esse e o nosso momento)...


Eu a quero (muito),
e ela pede-me mais um (pouquinho)...
Daqueles gestos suaves e  pequenos...
Pôr enquanto o que ambos precisamos,
já esta acontecendo...
( Carinhos)...
De olhos levementes fechados,
somos acariciados ,
pelo Amor, que tanto queremos...
Fomos confortados!



Carinhos...

Autor:



lorisvaldolopes.blogspot.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados