music

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

O Clamor de um Poeta.



O Clamor de um Poeta.

"Senhor!!!" Abra os meus olhos para que eu veja.
E ao meu coração, para que ele sinta
O quê ninguém quis ver! E, que lá eu esteja!
E, aquilo que perderam,"Eu possa encontra-los ainda!"

"Senhor!!!" Me ensina amar, até mesmo os quê eu não vejo.
Transforma em palavras, todas às minhas inquietudes!
"Tu és meu  porto seguro", onde desembarco meus ensejos...
Quê pra fora de mim, as minhas palavras se mudem!

Cuida bem dos meus olhos "Pai!"
Para quê, não sejam eles que decidam pôr mim.
Me mostra o caminho da paz...
E que os meus sonhos jamais alcancem  o fim!

Peço-te uma poesia pura!
E um coração livre!
E todos os dias, uma nova aventura!
E quê na minha forma escrita, muitos se realizem!


Agradeço te Senhor!
Pela imensidade de minha prosperidade!
Acumuladas no céu, frutos que me ensinastes através do  amor!
E pela dependência que tenho de tua bondade!

                                                    
                                                                     Amém .


(Lourisvaldo Lopes da Silva)

2 Samuel 22:7
No meu desespero clamei ao SENHOR; gritei por socorro ao meu Deus.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados