music

domingo, 16 de abril de 2017

(Poema) Sem outroras...


N'outros tempos talvez...? Tenhas sido
Meus pensamentos que vagavam, sós
Sem conhece-la, causava-me arrepios
Tua boca q'imaginada silenciava minha voz 
 
Ó! Mas nessa vida que diferença faz?
Agora que tu és! Somente tê-la importa.
Todo amor d'outrora foi pouco e se desfez
Devo-lhe muito mais! Tendo-a tão próxima

Nesse tempo, apenas vivê-la é o que conta 
Mesmo que d'outros tempos eu fale, duvide
Pedes-me mais: Meu novo amor sedento sonha
quando em silêncio me deseja, ele então se realiza.
 

 L.L.S
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados