music

sexta-feira, 18 de março de 2016

A natureza destes versos...




É o que sou!
"Uma árvore"
Um homem
de sonhos frondosos...

Em minha sombra...

(descobrirá, os meus segredos)...
Vendo-os brotarem como frutos
é poderá colhe-los em minhas mãos  ...
(estes, são para saciarem, a tua fome)
É todos os teus desejos...

...Verás, as minhas palavras
se desprendendo a todo o tempo
seu som é melodia de  folhas
que suavemente pousaram em teus ouvidos...
 
Por quem fiz a minha escolha
os meus galhos acenaram,
despedindo seus versos aos ventos!
É a noite eles te encontraram...

É eu sonhando acordado fiquei ouvindo,
pássaros cochichando em seus ninhos...
Estou calado, mas por dentro estou sorrindo 
imaginando teus abraços é carinhos...

A minha copa é um país livre
habitado por diversas fantasias...

É cada fruto meu, é um sonho,
que deixou de sê-lo...
Se realizou,
é a ti vou oferece-los!

Para alimentar a malícia dos versos
adormeço olhando para cima! 
Sou natureza humana conectada ao universo
minha utopia se estende pelo campo das rimas!

Mas os meus pés se alimentam do pó
é das lágrimas que chovem por tua falta...
Pergunto a primavera
"Por que me deixastes só?"

"É não a fez florir ao meu lado?"
 Árvore sou, que sabe sorrir

Não existe quem amou,
que não carrega um coração calado...
...Que se recusa a desistir!

Queria tanto
adiantar o tempo...
Mas os meus desencantos
são encantados por sentimentos...

Estes já foram adiantados!
Agora sou uma árvore
de sonhos arraigados...

Eu estou aqui...
...mas o meu querer está ai
sedento por ti!


(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados